Ter um Seguro Residencial ou Empresarial
Custa Menos do que Você Imagina!

O que pouca gente sabe é que é possível preservar seu patrimônio contratando um seguro residencial a um custo bastante acessível.
Então, quanto custa um seguro residencial?

O valor depende da avaliação e do tipo de contratação. “O seguro residencial ou com cobertura básica – incêndio, explosão e queda de raios – oferecida obrigatoriamente por todas as seguradoras, custa a partir de R$ 60,00 por ano para apartamentos pequenos, e empresas a partir de 112,00. Já para casas de grande porte, com amplas coberturas e assistências, o valor pode variar de R$ 400,00 a R$ 1.500,00 por ano” assim como o para empresas.

Coberturas adicionais
Danos elétricos;
Vendaval, ciclone ou chuva de granizo;
Subtração de bens (roubo);
Responsabilidade civil familiar;
Responsabilidade civil empresarial;
Vidros e vazamentos, entre outras.

Seguro residencial

Assistências residenciais

“Além do seguro básico e dos adicionais descritos acima, há também a categoria chamada de Residencial Premium que inclui seguro de joias e relógios, obras de arte, danos ao jardim e subtração de bicicletas”.Reparos hidráulicos, elétricos, em eletrodomésticos de linha branca e marrom;
Serviços de chaveiro, desentupimento, help desk para idosos, cobertura provisória para telhado;
Descontos para pet shops;
Assistências emergenciais em caso de sinistro como, babás, cuidadores, guardas de animais e guardas noturnos, entre outras.
Outras assistências especiais também incluem limpeza de caixa d’água, calhas, reparos em ar condicionado, dedetização e instalações gerais como kits de fixação, entre outros.

Custo benefício

O seguro residencial tem um excelente custo benefício porque ao utilizar as assistências o seguro acaba se pagando, como explica Faria. “Se sua geladeira apresentar algum problema, você contratará um técnico que cobrará de R$ 80,00 a R$ 100,00 somente pela visita, sem considerar troca e manutenção de peças; se comparado ao valor do seguro básico, isso equivale a mais de uma parcela do seu seguro anual. Sendo assim, se o cliente usar as assistências várias vezes ao longo do ano, certamente terá o melhor custo benefício, pois terá direito a serviços e ainda a cobertura do seu patrimônio”.

 Como contratar? A contratação é bastante simples. O segurado deve declarar o valor do imóvel, descontando o valor do terreno e incluindo o valor do conteúdo de dentro da residência. “Depois desse levantamento, a seguradora identifica a necessidade da contratação de coberturas adicionais e oferecem as assistências residenciais que podem ser contratadas a parte ou oferecidas gratuitamente, dependendo da seguradora”.  

Atenção na hora de contratar

Antes de contratar um seguro residencial, é preciso definir quais são as reais necessidades do cliente para não deixar de fora algo importante e nem gastar dinheiro com o que não precisa. “Essa modalidade é facilmente encontrada no mercado, porém cada seguradora tem regras e diferenciais. Como ter coberturas mais abrangentes e assistências com maior número de utilizações permitidas, são dados que devem ser observados na hora da contratação, além, claro, de procurar um profissional preparado para indicar o produto que melhor atenda às necessidades do cliente”.
Receba uma simulação de seguro feito pra você preenchendo no formulário que lhe aparecerá clicando abaixo em “Simule seu Seguro aqui!”.

Você ainda acha que não precisa de seguro residencial?
Veja alguns casos…

error: Conteúdo protegido !!